A atleta Sara Moreira mostrou-se “orgulhosa” por fazer história e vencer pela quinta vez a corrida São Silvestre no Porto, enquanto Rui Teixeira sublinhou o “reviver de um sonho” ao repetir o triunfo de 2015.

“Sinto-me feliz. Esta São Silvestre foi sempre especial para mim. É a minha quinta vitória, mas saboreio sempre como se fosse a primeira. A história é algo que vai ficar, só posso estar orgulhosa porque não é fácil estar tantos anos ao mais alto nível. É um marco que vai sempre ficar registado”, afirmou a atleta de 36 anos.

Ao mesmo tempo, referiu o “período de adaptação” que atravessou ao conjugar o cargo de vereadora na Câmara Municipal de Santo Tirso com o desporto.

“O sentimento de hoje é de muita felicidade. Fiz um período de adaptação ao trabalho e o treino teve de ficar diferente. Voltar a sentir-me competitiva e a sentir-me bem é muito importante nesta fase para dar continuidade e alcançar mais êxitos”, disse.

Por seu lado, Rui Teixeira reviveu “o sonho” da vitória de 2015 naquela que considerou “uma das maiores [provas] realizadas em Portugal”, sentindo-se “muito bem” por “nesta fase da carreira chegar a triunfos como este”.

“Nem todos os atletas conseguem chegar e vencer esta prova. O Rui Pedro Silva tem oito triunfos, o Rui Silva, outro enorme atleta, tem dois e eu também tenho dois. Fazer parte desta lista – juntando a outros enormes atletas como o José Regalo – nesta magnífica prova, é uma honra”, considerou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.