Susana Costa classificou-se no terceiro lugar do triplo-salto do 'meeting' de atletismo de Marselha, com a marca 13,87 metros, melhor marca pessoal da época.

Na mesma reunião estiveram três velocistas lusos - Lorène Bazolo, Carlos Nascimento e Diogo Antunes - todos com as marcas obtidas negativamente afetadas pelo vento contra na reta da meta.

Ainda sem o apuramento olímpico, a experiente Susana Costa continua 'longe' dos mínimos, marca já conseguida por 28 atletas, sobrando neste momento apenas quatro lugares para entrar por 'ranking'.

Venceu a prova a eslovena Neja Filipic, com 14,31 metros, seguida pela francesa Jeanine Assani Issouf (13,94) e Susana Costa.

Lorene Bazolo, que há quatro dias baixou o recorde luso do hectómetro para 11,17, fez agora 11,36 (vento contrário de 1,6 m/s), para ser terceira, atrás da britânica Daryll Neita e de Gina Bass, da Gâmbia.

A portuguesa não tem os mínimos, de 11,15, mas está dentro da lista das apuráveis por 'ranking'.

Também com vento desfavorável, na prova masculina Diogo Antunes foi terceiro, com 10,44, e Carlos Nascimento quinto, com 10,54 (após 10,54 na eliminatória).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.