A Taça dos Clubes Campeões Europeus de corta-mato vai regressar, cinco anos depois, à pista das Açoteias, em Albufeira, realizando-se dia 25 de fevereiro em simultâneo com o 47.º Cross Internacional das Amendoeiras, com mais de 420 atletas.

A competição continental conta com 424 atletas inscritos (236 nas corridas de seniores, 132 nas corridas de sub-20 e 56 na estafeta mista), representando 106 equipas de 93 clubes de 22 países europeus, avançou fonte da organização durante a conferência de imprensa de apresentação da prova, realizada hoje em Albufeira, no distrito de Faro.

Benfica e Sporting, em masculinos, e Sporting de Braga e Sporting, em femininos, vão apresentar-se no Algarve com o sonho de reconquistar o cetro europeu em seniores, no ano passado arrebatado pelos espanhóis do Playas de Castellon nas duas categorias.

“Aquilo que desejo e espero é que possamos ganhar, em masculinos e femininos. Isso seria ótimo para os nossos clubes, porque é uma competição a nível europeu que mobiliza muito os apoios dentro de clubes, nomeadamente Benfica, Sporting e Sporting de Braga. E isso manifesta-se imediatamente ao nível interno nesses clubes, reforçando os investimentos feitos na modalidade”, afirmou Jorge Vieira, presidente da Federação Portuguesa de Atletismo.

Os títulos coletivos ‘fogem’ às equipas portuguesas desde os últimos triunfos do emblema ‘leonino’, tanto em masculinos (2018), como em femininos (2019).

Homens e mulheres vão correr a mesma distância (9.280 metros), com cinco voltas grandes ao percurso das Açoteias, enquanto os sub-20 correm 5.620 metros. A estafeta mista tem um percurso de 6.130 metros.

Na 12.ª ocasião em que Albufeira recebe a prova continental, em 62 edições, Samuel Barata e Etson Barros, do Benfica, Rui Pinto, do Sporting, e Mariana Machado, do Sporting de Braga, serão as principais figuras portuguesas em prova, apontou o diretor técnico da Associação de Atletismo do Algarve, que partilha a organização da prova com a Câmara Municipal de Albufeira.

Rui Costa espera que a presença dos principais clubes portugueses, todos “a lutar pelas vitórias” na Taça dos Clubes Campeões Europeus de corta-mato, leve milhares de pessoas com “fervor clubístico” à pista das Açoteias.

O Sporting, que venceu 15 vezes em masculinos, e o Sporting de Braga, que triunfou sete vezes em femininos, são os emblemas mais titulados em cada categoria no historial da Taça dos Clubes Campeões Europeus de corta-mato.

Em sub-20, a representação lusa na competição continental está a cargo de Benfica e Sporting, em masculinos, e de Maia Atlético Clube e Sporting, em femininos. Na estafeta mista, participam Sporting e Sporting de Braga.

No Cross Internacional das Amendoeiras, o quinto crosse mais antigo do mundo e a única prova portuguesa das 12 que integram o circuito mundial de corta-mato, os últimos vencedores portugueses foram Manuel Damião, em 2013, e Carla Salomé Rocha, em 2018.

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, frisou que o Cross das Amendoeiras é, desde 1977, “a prova mais internacional do atletismo português” e continua a ser uma das grandes imagens de marca do concelho, num momento em que a autarquia prepara a candidatura a Capital Europeia do Desporto em 2026.

O programa de provas da Taça dos Clubes Campeões Europeus de Corta-Mato no dia 25 de fevereiro arranca às 10:00, com os sub-20 femininos, seguindo-se os sub-20 masculinos (10:30), seniores femininos (11:05), seniores masculinos (11:55) e estafeta mista (12:45).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.