A maratonista portuguesa Vera Nunes venceu hoje a corrida global feminina Wings for Life World Run, disputada em vários pontos do mundo e sem uma distância definida, ao percorrer 53,78 quilómetros, em Munique.

“Ser a primeira mulher do mundo era honestamente um objetivo que perseguia há muito mas que não acreditava ser possível alcançar já este ano. Estava a recuperar da maratona de Cracóvia, que fiz há duas semanas, e por isso tive alguma contenção. Comecei bem e sabia que podia vencer na Alemanha, mas a vitória global foi mesmo uma surpresa”, afirmou a atleta do Benfica, citada pela organização.

Vera Nunes, que em 2016 venceu a edição da corrida no Porto ao correr 58,86 quilómetros, percorreu hoje mais 50 metros do que a segunda classificada, a croata Nikolina Sustic, que alinhou em Zug, na Suíça, na quinta edição desta prova solidária, que tem apenas partida física e vence quem chega mais longe.

O sueco Aron Anderson, com uma cadeira de rodas convencional, voltou a vencer a corrida global masculina, cumprindo 89,85 quilómetros, em Sunrise, nos Estados Unidos, enquanto o português Luís Pereira venceu a corrida localmente em Taiwan, ao percorrer 58,45.

A fundação Wings for Life procura encontrar cura para as lesões na espinal medula.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.