O FC Porto impôs, este sábado, a primeira derrota ao Benfica na Liga portuguesa de basquetebol, à 16.ª jornada da prova, ao vencer por 96-78 na receção à equipa lisboeta.

João Soares, que chegou ao FC Porto no início da época, depois de sair do Benfica, foi o melhor jogador do encontro, com 22 pontos marcados, oito ressaltos, duas assistências e cinco roubos de bola.

Pelo Benfica, Micah Downs acabou como o melhor marcador da equipa. O extremo concretizou 18 pontos, capturou três ressaltos, distribuiu uma assistência e fez dois roubos de bola.

Os ‘dragões’ dominaram sempre a partida, sendo mais eficazes, principalmente, nos lançamentos longos, e tiraram melhor partido da ineficácia do ataque do Benfica, em especial no arranque da segunda parte.

O FC Porto chegou ao final do primeiro período a vencer por 34-19, o que espelhava já a supremacia dos ‘dragões' e, apesar de o segundo parcial ter sido mais disputado, a equipa comandada por Moncho López não permitiu a recuperação do adversário, chegando ao intervalo a vencer por 56-39.

No início da segunda parte, o Benfica demonstrou ainda mais dificuldades, principalmente no ataque, permitindo ao FC Porto, que nunca saiu do ritmo imposto desde o primeiro segundo do jogo, liderar sem grandes dificuldades até ao final da partida.

O Benfica pode agora ser apanhado na liderança do campeonato pela Oliveirense, caso se imponha na visita ao Lusitânia, este domingo.

Jogo disputado no Dragão Caixa, no Porto.

FC Porto - Benfica, 96-78.

Ao intervalo: 56-39.

Sob a arbitragem de Fernando Rocha, Pedro Coelho e Diogo Morais as equipas alinharam:

- FC Porto: Toni Prostran (11), Will Sheehey (16), João Soares (22), Boris Barac (16) e Sasa Borovnjac (2). Jogaram ainda: Miguel Queiroz (5), Ferran Ventura (3), Vladyslav Voytso, António Monteiro (7), Pedro Pinto (14), Pedro Bastos e Diogo Araújo.

Treinador: Moncho Lopez.

- Benfica: Micah Downs (18), José Silva, Juan Cantero (5), Fábio Lima (10) e Xavier Rey (16). Jogaram ainda: Arnette Hallman (8), Tiago Barroso (17), Miguel Cardoso (2), Cláudio Fonseca (2) e Jaques Conceição.

Treinador: Arturo Álvarez.

Marcha do marcador: 34-19 (10 minutos), 56-39 (intervalo), 87-58 (30), 96-78 (final).

Assistência: Cerca de 1.000 espetadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.