Os Estados Unidos fecharam hoje o 18.º Mundial de basquetebol no sétimo lugar, a sua pior classificação de sempre na prova, ao baterem a Polónia por 87-74, num jogo que dominaram desde início.

Depois de duas derrotas consecutivas, face à França (89-79), nos quartos de final, e á Sérvia (94-89), em jogo de apuramento do quinto ao oitavo lugares, o ‘cinco’ de Gregg Popovich despediu-se da China com um triunfo.

Ainda assim, não evitou o pior registo de sempre, que era o sexto lugar da edição 2002, que, curiosamente, os Estados Unidos acolheram, em Indianápolis. Em Jogos Olímpicos, nunca falharam as medalhas – terceiros em 1988 e 2004.

Os norte-americanos, que só estiveram a perder por 2-0, chegaram a final do primeiro período já a vencer por 14 (28-14), aumentando o avanço até ao intervalo (47-30), para, na segunda parte, nunca liderarem por menos de sete pontos.

Donovan Mitchell, com 16 pontos, 10 assistências e três ressaltos, foi o melhor dos vencedores, que contaram ainda com 13 pontos, seis ressaltos e seis assistências de Khris Middleton e 12 pontos e sete assistências de Derrick White.

Na formação polaca, destaque para os 18 pontos e sete ressaltos de Mateusz Ponitka, os 17 pontos de Adam Waczynski e os 15 de AJ Slaughter.

Ainda hoje, a partir das 13:00 (em Lisboa), Sérvia e República Checa discutem o quinto lugar.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.