A Europe Cup, masculina, e a EuroLeague e EuroCup, femininas, suspensas desde o inicio de março devido à pandemia de covid-19, foram canceladas, anunciou hoje a Federação Internacional de Basquetebol (FIBA).

De acordo com a FIBA Europa, a temporada de 2019/20 das três competições de clubes “não será retomada” e “não haverá campeões” e “o foco está já nos preparativos para a época de 2020/21”.

“Todos os clubes que estavam nos quartos de final no momento em que as competições foram suspensas receberão pontos para o ‘ranking’ por chegarem a esta fase da prova, conforme o regulamento”, refere em comunicado o organismo.

A nova temporada de competição de clubes 2020/21 começa, como programado, em setembro ou outubro, com ou sem espectadores, sempre de acordo com as legislações locais e nacionais.

Caso uma competição não possa começar em setembro ou outubro, como previsto, ela será automaticamente adiada para janeiro de 2021, com um sistema de competição reduzido.

Se uma competição que começar em setembro ou outubro precisar de ser interrompida devido a um novo surto de covid-19, os jogos já disputados serão respeitados e um novo sistema de competição, mais reduzido, será proposto.

As datas do sorteio para a nova temporada foram provisoriamente marcadas para 17 e 18 de agosto.

A FIBA Europa recebeu também recomendações e planos alternativos face a um possível impacto da pandemia de covid-19 nas eliminatórias femininas da EuroLeague e da EuroCup em novembro de 2020 e fevereiro de 2021.

A janela de novembro será exibida conforme programado com ou sem espectadores ou com um número limitado de público, sempre de acordo com as legislações locais e nacionais.

Caso não se possa jogar no período de novembro, esta janela será adiada para fevereiro de 2021. Nesse caso, quatro jogos serão disputados em fevereiro de 2021, durante 15 dias.

Para as eliminatórias masculinas em novembro de 2020 e fevereiro de 2021 da Europe Cup a FIBA também adotou procedimentos alternativos, caso a pandemia de covid-19 impeça o normal funcionamento da competição.

A janela de novembro será exibida conforme programado com ou sem espectadores ou com um número limitado de público, sempre de acordo com as legislações locais e nacionais.

Caso não se possa jogar em novembro, os jogos serão adiados para fevereiro de 2021 e as partidas deste período serão disputadas em julho, numa janela que será agendada entre o final do torneio olímpico de qualificação e os Jogos Olímpicos de Tóquio.

A FIBA Europa aprovou ainda uma recomendação para a realização de um Campeonato Europeu para Pequenos Países, feminino, entre 15 e 20 de junho de 2021, em Nicósia, no Chipre.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 436 mil mortos e infetou mais de oito milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.