A falta de verbas levou ao cancelamento do estágio da selecção nacional de basquetebol, o qual estava agendado para a Turquia e serviria de preparação para a segunda volta do torneio africano de qualificação para o Mundial. A prova de qualificação vai decorrer entre 29 de Junho e 1 Julho na cidade de Alexandria, no Egipto.

A informação foi revelada pelo presidente da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), Hélder Cruz ‘Maneda’: "Nós nem temos disponibilidade financeira para a selecção nacional sénior deslocar-se para o palco da competição", afiança.

O dirigente fez ainda saber que o seu elenco federativo enviou o programa de actividades ao Ministério da Juventude e Desportos há sete meses, mas sem obter qualquer resposta.

"Mandámos desde Novembro do ano passado a programação das competições nacionais e internacionais ao Ministério. O que nos causou espanto é que não recebemos nenhum pronunciamento. É muito complicado trabalhar assim", lamenta.

Contudo, a direcção da FAB continua a aguardar por uma resposta do Ministério da Juventude e Desportos, a fim de definir mais cedo a data de viagem para Alexandria, onde Angola vai lutar pela qualificação.

Entretanto, como alternativa, a selecção trabalha em Luanda, onde realizará alguns jogos amistosos com a equipa do BIC Basket, para medir o nível competitivo dos atletas que militam dentro e fora do país.

O estágio da selecção nacional de basquetebol estava previsto começar na passada terça-feira (12 de Junho), na Turquia, onde estavam agendados alguns jogos com equipas locais e estrangeiras.

Angola lidera o grupo C do torneio de qualificação, com seis pontos, seguido do Egipto (cinco pontos), Marrocos (4) e Republica Democrática do Congo (3).

Com essa classificação, obtida na primeira volta da prova, Angola precisa apenas uma vitória para se qualificar para o Mundial 2019, onde sonha chegar até aos primeiros lugares.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.