Depois de ter anunciado que ia deixar o Sporting e o basquetebol, o treinador Luís Magalhães concedeu uma entrevista à Sporting TV na qual fez um balanço do tempo que passou ao leme dos leões, com a conquista de um título de campeão nacional e vários outros troféus, mas aproveitou para reforçar as críticas que já havia deixado ao FC Porto.

"O Sporting voltou ao basquetebol e mudou todo o status quo da modalidade. Intrometeu-se e de que maneira. As equipas que agora estão na final do play off já não ganham há muito tempo. O FC Porto está a sentir essa pressão de não ganhar e com isso transformou o basquetebol pelos piores motivos. Este FC Porto ganhou uma Taça da Liga nos últimos três anos e numa final contra um Sporting que vinha de uma prova europeia. Perdemos e não partimos o troféu, não partimos nada", atirou, ironizando com o facto de na temporada passada os dragões terem, inadvertidamente, com um pontapé na mesa que segurava o troféu em protesto com uma decisão de arbitragem, acabado por partir a Taça de campeão que o Sporting conquistou.

"O que é verdade é que o FC Porto tem andado a investir, troca de jogadores, tem sete norte-americanos, tem um projeto europeu e não sei de quê e depois não ganha. Está a tentar ganhar com outras coisas que quando eu lá estive nunca se pensou nada disso, nunca fazia nada disso, de vetar árbitros. Toda a gente pressiona um bocado os árbitros, mas dentro do que é normal. Isto que o FC Porto faz é uma coisa completamente inacreditável e inconcebível", vincou o ex-treinador leonino.

"Isto é uma piada que ouvi. Não é minha, nem quero insultar ninguém, mas sabem qual é o Conselho em Portugal que tem mais portistas? É o Conselho de Arbitragem. Alguém não vai gostar da piada, mas é uma piada", terminou Luís Magalhães.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.