O Los Angeles Lakers estão na final da NBA pela 32.ª vez, depois de terem vencido o quarto dos cinco jogos disputados jogo frente aos Denver Nuggets, desta vez por 117-107. É o regresso da franquia de Los Angeles à final da prova, 10 anos depois terem ganho o 16.º título, com Kobe Bryant, Paul Gasol, e companhia.

Na final, os Lakers vão pedir forças com o vencedor do encontro entre os Boston Celtics e os Miami Heat (equipa que vence por 3-2 neste momento).

Na ‘bolha’ de Orlando, LeBron James não permitiu que os Nuggets sonhassem com nova reviravolta, depois de virarem de 1-3 para 4-3 face a Utah Jazz e Los Angeles Clippers, ao somar 38 pontos, 16 ressaltos e 10 assistências.

O grande destaque na vitória dos Lakers vai para a estrela LeBron James, com um triplo duplo. Na ‘bolha’ de Orlando, LeBron James não permitiu que os Nuggets sonhassem com nova reviravolta, depois de virarem de 1-3 para 4-3 face a Utah Jazz e Los Angeles Clippers, ao somar 38 pontos, 16 ressaltos e 10 assistências e liderar a sua equipa rumo ao título de campeão da Conferência Oeste.

Este foi o  quarto triplo-duplo em playoff para alguém com 35 ou mais anos, sendo o quarto jogador a ter mais TD, atrás apeenas de Elgin Baylor, Chris Paul e John Stockton.

O ‘23’ dos Lakers acertou 15 de 25 lançamentos de campo (60%) e foi letal no último período, com 16 pontos, incluindo nove seguidos para a sua equipa, depois de uma assistência para o ‘triplo de Danny Green, que passaram o resultado de 103-99 para 115-103, sentenciado o encontro com 1.57 minutos para jogar.

“Os meus companheiros de equipa disseram-me para os guiar e era minha responsabilidade fazer as jogadas certas e tomar as decisões corretas no campo para nos fazer ganhar jogos”, explicou LeBron James, apenas o quarto jogador a atingir 10 finais da NBA, sendo esta a nona em 10 épocas – só venceu três.

O técnico Frank Vogel mostrou-se impressionado com King James.

"Não sei se já tinha testemunhado um jogador tomar conta do jogo com ele fez no último quarto", disse o treinador dos Lakers.

Desde a morte de 'Black Mamba' que a equipa parece ter ganho força extra, talvez para lhe dedicar o título. O ídolo da equipa está sempre presente na memória dos jogadores.

"Cada vez que vestimos a camisola roxa e dourada pensamos no legado dele, nele e no seu significado para o clube nos últimos 20 anos", apontou LeBron James.

No quinto embate com os Nuggets, destaque também para os 27 pontos de Anthony Davis, com 50% nos ‘tiros’ de campo (oito em 16), num embate em que Alex Caruso e Danny Green marcaram ambos 11 e Dwight Howard somou nove pontos e nove ressaltos.

Por seu lado, o sérvio Nikola Jokic e Jerami Grant, ambos com 20 pontos, e Jamal Murray, com 18, comandaram os Nuggets, que procuravam a primeira final.

Os Lakers estão na final 10 anos depois e procuram o 17.º título, o registo recorde dos Boston Celtics, que ainda poderão ser os adversários, caso consigam dar a volta ao 2-3 face aos Miami Heat, na final da Conferência Este. O sexto jogo é hoje.

*Artigo atualizado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.