O Canadá estreou-se hoje na fase preliminar do Mundial de basquetebol, que decorre no Japão, Indonésia e Filipinas, com um triunfo muito dilatado sobre a França (95-65), enquanto Angola ‘caiu’ aos 'pés' da Itália (67-81).

Em Jacarta, na Indonésia, a seleção canadiana imperou na primeira ronda do Grupo H, a partir dos últimos dois períodos, depois de uma primeira parte em que vencia apenas por três pontos da vantagem (43-40).

A França, que ficou no último lugar do pódio na última edição, em 2019, até foi melhor no primeiro período (18-14), porém, acabou por ter uma quebra abrupta de rendimento, também por culpa das boas exibições de Shai Gilgeous-Alexander, jogador dos Oklahoma City Thunder, autor de 27 pontos, 13 ressaltos e seis assistências, bem secundado pelo ala Kelly Olynyk, dos Utah Jazz, com 18 pontos, quatro ressaltos e duas assistências.

No lado francês, o jogador em evidência foi o base Evan Fournier, com 21 pontos, três ressaltos e uma assistência.

No outro duelo da ‘poule’, foi sem surpresas que a Letónia ultrapassou o Líbano (109-70),

Em Bulacao, nas Filipinas, Angola não conseguiu contrariar o favoritismo da Itália no Grupo A, que apesar de ter facilitado no segundo período, conseguiu gerir bem os momentos do jogo, nomeadamente o último período, no qual obteve a diferença final no marcador de 14 pontos.

O base Childes Dundão, com 19 pontos, três ressaltos e outras tantas assistências, foi o melhor da seleção africana, com Simone Fontecchio, do Utah Jazz, também com os mesmo número de pontos, cinco ressaltos e duas assistências a ser o jogador em destaque nos transalpinos.

Mais equilibrado foi o confronto entre a República Dominicana e a anfitriã seleção das Filipinas, com o desfecho a ser favorável à equipa da América Central (87-81), com o base filipino Jordan Clarkson, dos Utah Jazz, a ser o melhor em campo – 28 pontos, sete ressaltos e outras tantas assistências.

Para a República Dominicana foi fundamental o desempenho do poste Karl-Anthony Towns, dos Minnesota Timberwolves, autor de um duplo-duplo com 26 pontos e 10 ressaltos, num encontro que em que foi batido o recorde de assistência num jogo do Campeonato do Mundo da modalidade, com um total de 38.115 espetadores, segundo indicou a FIBA.

Nos outros encontros do dia, não houve surpresas, com a Austrália a impor-se à Finlândia (98-72) e a Alemanha ao Japão (81-63), em jogos do Grupo E, enquanto na ‘poule’ D a Lituânia bateu o Egito (93-67) e Montenegro superou o México (91-71).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.