O anúncio do fim, após a 21.ª temporada como ‘estrela’ das Seattle Storm, chega a quatro meses de completar 42 anos, e após uma carreira histórica, com quatro campeonatos do mundo, cinco ouros olímpicos, quatro campeonatos da WNBA e 12 presenças na equipa ‘All Star’.

Também jogou na Europa, em vários emblemas russos, e venceu por cinco vezes a Euroliga, e os títulos olímpicos de 2004, 2008, 2012, 2016 e 2020 (conseguido em 2021) tornam-na numa de apenas dois basquetebolistas a receber cinco ouros, ao lado da colega de equipa Diana Taurasi.

Uma das melhores jogadoras da história do basquetebol, deixará a quadra como a líder de assistências da WNBA, a que chegou como primeira escolha no ‘draft’ de 2002 a seguir a dois títulos universitários.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.