As histórias em torno dos excessos de Dennis Rodman são já sobejamente conhecidas, com a mais recente a ser partilhada por Toni Kukoc, croata com quem partilhou o balneário dos Chicago Bulls.

"Eu não conseguia aguentar o ritmo. Só saí com ele uma vez porque, depois disso, precisavas entre sete a dez dias para recuperar do ritmo selvagem que ele tinha", recorda Kukoc numa entrevista a um site croata especializado em basquetebol.

"Estávamos quatro com ele e a primeira coisa que o Dennis pediu para beber foram 40 shots de vodka e 10 cervejas. Perguntei-lhe se vinha mais gente e ele respondeu-me que não. Era importante para manter o bar aberto... Naquela noite, todas as pessoas que estiveram no bar tiveram comida e bebida de graça, à conta dele", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.