A pandemia de COVID-19 parece não ter afetado a NBA, a melhor liga de basquetebol do mundo. Para impedir a fuga dos princopais jogadores e manter as equipas equilibradas, a NBA avançou com a renovação de contrato de alguns jogadores, oferendo-lhes salários exorbitantes.

Entre os que renovaram contrato, chamam a atenção os casos de Stephen Curry (Warriors), Kevin Durant (Nets) e Joel Embiid (Sixers).

No caso de Curry, é o primeiro jogador a assinar dois contratos por mais de 200 milhões de dólares. Renovou com os Warriors por mais quatro anos, num contrato de 215 milhões de dólares. Esta época ainda só receberá 45,8 milhões de dólares.

O novo contrato de Curry entrará em vigor apenas em julho de 2022, momento em que passará a receber 53,7 milhões de dólares por época, qualquer coisa como 655,4 mil dólares por jogo, 13,6 mil dólares por minuto.

Kevin Durant também renovou com os Nets por quatro temporadas, por 198 milhões de doláres. Joel Embiid, estrela dos Sixirs, renovou por quatro épocas por 196 milhões de dólares.

O analista Ira Winderman, que cobre os 'Miami Heat' para o 'South Florida Sun Sentinel', frisou que estes supercontratos vão colcar em causa a gestão dos atletas durante a época pelos treinadores com a polémica gestão de jogos.

"Com a extensão de Joel Embiid e as recentes renovações de Steph Curry e Kevin Durant, chegamos ao ponto em que as super-estrelas da NBA estão a assinar contratos que rondarão os 700 mil dólares por jogo, quer joguem ou não, quer haja carga administrativa ou não", escreveu.

A questão da gestão física dos jogadores deu muita polémica nos EUA nas últimas épocas, com alguns treinadores a fazerem descansar algumas estrelas em jogos menos complicados na fase regular, com o argumento de dosear o esforço físico, principalmente quando se aproximam os play-offs.

Quem perde com essa gestão são os adeptos que pagam muito para ver as estrelas e depois, quando estão nas bancadas, não estão a brilhar na quadra. Ou então só jogam alguns minutos.

Há ainda o argumento de que, com o salário já garantido, alguns jogadores não levem tão a sério os jogos da temporada regular.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.