O português João Almeida perdeu a camisola Rosa do Giro2020, ao terminar no sétimo posto, na 18.ª etapa da prova. A etapa mais dura do Giro, com a subida ao Stelvio (montanha com 2.758 metros de altitude) fez estragos e terminou com o reinado de João Almeida, que liderou a prova durante 15 dias.

Apesar de João Almeida ter perdido a liderança (foi 7.º na etapa e agora é 5.º na geral, a 2.16 de Kelderman), Portugal pode festejar, uma vez que Ruben Guerreiro, que hoje subiu a 37.º na geral, assegurou matematicamente a vitória na classificação da montanha.

O australiano Jai Hindley da Sunweb venceu a etapa, o holandês Wilco Kelderman é o novo camisola rosa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.