A cazaque Astana encabeça a lista de mais seis equipas do World Tour confirmadas na edição de 2022 da Volta ao Algarve, informou hoje a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

Vencedora duas vezes da 'Algarvia', por Alberto Contador, em 2009 e 2010, a Astana regressa à prova, depois de ter estado ausente em 2021, podendo trazer o colombiano Miguel Ángel López, terceiro classificado em 2020.

A alemã Bora-hansgrohe, que fez segundo lugar em 2020, pelo germânico Maximilian Schachmann, vai estar pelo nono ano consecutivo na Volta ao Algarve.

De França vêm a Cofidis, que tem no plantel o português André Carvalho, e a Groupama-FDJ, com a belga Intermarché-Wanty-Gobert Matériaux e a norte-americana Trek-Segafredo a também estarem entre as inscritas.

Anteriormente já tinham sido confirmadas as melhores equipas do 'ranking' do World Tour, a belga Quick-Step Alpha Vinyl, a britância INEOS, a neerlandesa Jumbo-Visma e UAE Emirates, dos Emirados Árabes Unidos, que tem os portugueses João Almeida, Rui Costa, Rui Oliveira e Ivo Oliveira no elenco.

Entre as ProTeams, estão confirmadas a belga Alpecin-Fenix e a francesa Team Arkéa-Samsic, as duas melhores do segundo escalão, tal como as espanholas Caja Rural-Seguros RGA e Euskaltel-Euskadi e a norte-americana Human Powered Health.

A 48.ª Volta ao Algarve terá cinco etapas, de 16 a 22 de fevereiro, mantendo-se o perfil habitual: duas etapas para ‘sprinters’, duas com final em montanha e um contrarrelógio individual.

A edição de 2021, disputada fora das datas habituais, devido à pandemia de covid-19, foi vencida pelo português João Rodrigues, da W52-FC Porto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.