A francesa Groupama-FDJ e a neerlandesa DSM são as primeiras equipas WorldTour confirmadas na 49.ª Volta ao Algarve, que decorre entre 15 e 19 de fevereiro de 2023, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

A Groupama-FDJ, recorda a FPC, é uma das formações com mais participações na Volta ao Algarve e vai cumprir, em 2023, a oitava presença consecutiva de um total de 14 visitas ao sul do país, nas quais somou seis vitórias de etapa, incluindo a do francês David Gaudu, quarto classificado no Tour2022, no alto da Fóia, este ano.

Já a DSM, do também gaulês Romain Bardet, regressará à ‘Algarvia’ após dois anos de ausência; a equipa neerlandesa esteve presente em três edições, ainda sob a designação Sunweb, com Søren Kragh Andersen a ser segundo na geral final em 2019.

A Groupama-FDJ e a Sunweb juntam-se a outras duas equipas previamente anunciadas, a Alpecin-Deceuninck e a Arkéa-Samsic, os dois conjuntos que cumpriram, no triénios 2020-2022, os critérios desportivos para serem promovidos ao WorldTour em 2023.

“A organização da Volta ao Algarve espera fechar o pelotão com 10 a 12 equipas de categoria máxima, às quais se somarão as equipas portuguesas e algumas formações ProTeam”, concluiu o comunicado da FPC.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.