O ciclista argentino Tomas Contte (Louletano) venceu hoje o 41.º Grande Prémio Abimota, ao ser segundo classificado na segunda e última etapa, ganha por Rafael Silva (Antarte-Feirense).

Silva cumpriu os 158 quilómetros entre Anadia e Águeda, no distrito de Aveiro, em 3:43.31, batendo ao ‘sprint’ o argentino da equipa de Loulé, que foi segundo, e José Sousa (Kelly/Simoldes/UDO), terceiro.

Rafael Reis (Efapel), que entrava como líder à partida depois de vencer no sábado a primeira tirada, foi quarto e, dadas as bonificações de Contte, perdeu a vitória final para o argentino de 22 anos, em estreia no ciclismo europeu este ano.

“Sinto que foi um merecido prémio para toda a equipa depois de tantos meses de trabalho. O Louletano é mais do que uma equipa, é uma família, e a vitória é para dividir com todos”, declarou o corredor, citado no sítio oficial da prova na Internet.

Na classificação final, Daniel Freitas (Rádio Popular-Boavista) foi terceiro, a oito segundos, a mesma distância temporal de José Sousa, quarto.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.