O ciclista Luca Wackermann foi levado, esta quarta-feira, para o hospital com ferimentos múltiplos, isto depois de um helicóptero de um canal de televisão ter voado demasiado baixo e ter provocado um acidente no final da quarta etapa do Giro

A aproximação do veículo provocou fortes rajadas e dois ciclistas foram atingidos pelas barreiras metálicas que separavam o público dos atletas.

Etienne van Empel, da equipa Vini Zabu-KTM, sofreu pequenas escoriações nas mãos, ao contrário do companheiro de equipa, Luca Wackermann, que sofreu lesões mais graves.

"O Wackerman foi transportado para o hospital, mal estava consciente", contou Andrea Citracca, chefe da equipa, à televisão RAI2.

Wackermann abandonou mesmo a corrida com um nariz fraturado e ainda suspeitas de fraturas na anca.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.