O ciclista Alberto Contador (Tinkoff), que caiu pelo segundo dia consecutivo na Volta a França, assumiu estar “fisicamente muito penalizado”, depois de perder tempo no final da segunda etapa.

“Perdi tempo que não esperava perder. Sofri outra queda, bateram-me no guiador e magoei o lado oposto ao da queda de ontem [sábado]. A partir daí, sabia que tinha de minimizar ao máximo as perdas”, descreveu o espanhol.

Contador, vencedor da prova francesa em 2007 e 2009, mostrou o seu descontentamento pela onda de azares, confessando estar fisicamente muito penalizado e não poder pedalar como gostaria devido às quedas.

"O importante é manter o moral em alta, não desanimar, o que nem sempre é fácil. Tenho as duas pernas muito tocadas”, completou.

À partida para a segunda etapa, que foi vencida pelo seu companheiro Peter Sagan, o madrileno revelou que passou mal a noite, na sequência da queda na primeira jornada, que o deixou com abrasões e feridas em toda a parte direita do corpo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.