A vitória na Volta aos Emirados Árabes Unidos foi atribuída ao ciclista britânico Adam Yates (Mitchelton-Scott), após o cancelamento da prova a duas etapas do final devido a dois casos positivos ao coronavírus Covid-19, anunciou hoje a organização.

Yates, que venceu a terceira etapa e liderava na altura da suspensão da prova, foi seguido na classificação geral pelo esloveno Tadej Pogacar (UAE-Emirates) e pelo cazaque Alexey Lutsenko (Astana), segundo e terceiro classificados, respetivamente.

De acordo com os organizadores da Volta aos Emirados Árabes Unidos, a decisão de cancelar as duas últimas etapas foi tomada na noite de quinta-feira, depois de dois funcionários italianos de uma das equipas participantes terem testado positivo ao coronavírus Covid-19.

Todos os ciclistas, funcionários das equipas, membros da organização, jornalistas, ‘staff’ e técnicos alojados num hotel em Abu Dhabi, começaram, entretanto, a ser submetidos a testes de despistagem.

O Covid-19, detetado em dezembro na China e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou pelo menos 2.858 mortos e infetou mais de 83 mil pessoas, de acordo com dados reportados por meia centena de países e territórios.

Das pessoas infetadas, mais de 36 mil recuperaram.

Além de 2.788 mortos na China, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França, Hong Kong e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.