Elise Chabbey, ciclista da Bigla-Katusha e licenciada em medicina, tinha planeado dedicar-se primeiro ao ciclismo, antes de abraçar a profissão de médica. Nesta altura deveria estar a preparar-se para as 'clássicas de primavera'. Mas a pandemia do coronavírus trocou-lhe as voltas e a ciclista suíça trocou agora as bicicletas pela bata e as estradas pelos hospitais.

De acordo com a sua equipa, Chabbey, de 26 anos, que se foi conciliando o seu curso de medicina com as provas de ciclismo ao longo dos últimos anos, iria participar na Strade Bianche e em várias 'clássicas' na Bélgica ao longo deste mês, mas quando o surto de coronavírus se começou a fazer sentir na Suíça e as provas de ciclismo foram canceladas, optou por se juntar ao Hospital Universitário de Genebra, que se encontrava com falta de pessoal, para ajudar no que pudesse.

"Não fazer nada não faz parte da minha natureza", afirmou Chabbey em declarações ao site oficial da sua equipa. "O que estavamos a viver agora é algo sem precedentes e, dada a gravidade da situação, sinto que tenho de fazer alguma coisa", acrescentou.

Chabbey encontra-se encarregue de lidar não só com pacientes infetados com o Covid-19, mas também com outros pacientes. "Esta semana tive a meu cargo nove pacientes e contamos que o número cresça significativamente ao longo dos próximos dias", relatou Chabbey.

Na Suíça há, neste momento, mais de 3800 casos confirmados de Covid-19 e 36 mortes. Sem provas de ciclismo no horizonte, Chabbey aproveita, ainda assim, as pausas que vai tento no hospital para treinar e estar pronta, quando a competição for retomada.

"Quanto esta crise passar saberei que tentei cumprir a minha parte e espero poder ficar orgulhosa disso. Penso que o que estou a fazer me tornará mentalmente mais forte", destaca a médica-ciclista. "E, quando eventualmente as corridas recomeçarem, estarei mais do que pronta e motivada para me juntar às minhas colegas na estrada", garente Chabbey.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.