O português Daniel Mestre (W52-FC Porto) defende hoje a camisola amarela na terceira e última etapa do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela em bicicleta, tarefa que será muito dificultada pela passagem na Torre.

O ciclista dos ‘dragões’ parte para os derradeiros 177,4 quilómetros, entre Celorico da Beira e a Covilhã, com quatro segundos de avanço sobre o colombiano Edwin Ávila (Israel Cycling Academy) e oito em relação ao espanhol Vicente García de Mateos (Aviludo-Louletano).

Sensivelmente a meio da etapa, aos 94,6 quilómetros, os ciclistas vão passar pela Torre, o ponto mais alto de Portugal continental, uma contagem de montanha de primeira categoria em plena Serra da Estrela, numa subida feita pela vertente de Seia.

A meta, colocada perto da Câmara Municipal da Covilhã, vai coincidir com uma contagem de montanha de terceira categoria, com as bonificações para os três primeiros a poderem decidir o triunfo final.

Também com bonificações, as metas volantes estão colocadas em Seia (km 66,4) e em Belmonte (145,5).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.