O primeiro-ministro britânico, David Cameron, revelou ter ficado «absolutamente encantado» com o triunfo de Bradley Wiggins na Volta a França em bicicleta, que hoje terminou em Paris.

«Eu estou como todos neste país, absolutamente encantado», afirmou Cameron, em declarações à estação televisiva Sky News, considerando que a vitória de Wiggins representa no Tour «um feito de superação física e mental». Cameron admitiu servir de interlocutor de toda a população britânica que, segundo o primeiro-ministro, deve querer saudar o vencedor e dizer-lhe: «Muito bem, brilhante, este é o cenário perfeito para começar os Jogos Olímpicos».

Wiggins, de 32 anos, tornou-se hoje no primeiro britânico a vencer o Tour, depois de ter ajudado o seu compatriota e companheiro de equipa na Sky Mark Cavendish a vencer pela quarta vez consecutiva a etapa dos Campos Elísios.

No entanto, também a oposição esteve desta vez ao lado do governo britânico no momento de celebrar o feito de Wiggins. O líder do partido trabalhista, Ed Miliband, recorreu à rede social na Internet Twitter para felicitar o corredor: «Parabéns Bradley Wiggins, foi uma conquista extraordinária».

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.