O ciclista português Rafael Reis conquistou hoje a medalha de ouro do contrarrelógio individual dos Jogos do Mediterrâneo Oran 2022, a primeira na presente edição.

No esforço de 25 quilómetros, o campeão nacional da especialidade registou um tempo de 31.28 minutos, à frente do francês Enzo Paleni, segundo, a 50 segundos, e do sérvio Ognjen Ilic, terceiro, a 51.

O outro português em prova, Fábio Fernandes, foi 11.º, com um tempo de 34.26.

É a quarta medalha em Oran2022 para Portugal, depois da prata da equipa masculina de ténis de mesa e dos bronzes da equipa feminina, no mesmo torneio, e de Filipa Martins, nas paralelas assimétricas.

Na prova feminina, a campeã nacional do ‘crono’ e de fundo, Daniela Campos, foi 10.ª, com um tempo de 26,46 minutos, longe dos melhores tempos, e Beatriz Roxo cumpriu os 18 quilómetros em 30.15.

A vitória foi para a italiana Vittoria Guazzini, única abaixo dos 25 minutos, com 24.24, seguida da eslovena Eugènie Bujak, com 25.14, e da francesa Cedrine Kerbaol, com 25.52.

As corridas de fundo estão marcadas para sábado, arrancando pelas 10:00, com os 147 quilómetros da corrida masculina, em que entram em ação Fábio Costa, Rafael Reis, Francisco Campos, Luís Gomes e Fábio Fernandes.

Vera Vilaça, Daniela Campos e Beatriz Roxo partem pelas 17:00 para uma prova com 80 quilómetros.

Recorde-se que Rafael Reis (Glassdrive-Q8-Anicolor) já se tinha sagrado na última sexta-feira campeão português de contrarrelógio, no primeiro dia dos Nacionais que decorreram em Mogadouro, Bragança, levando a melhor sobre Ivo Oliveira e João Almeida, da UAE Emirates.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.