Lance Armstrong, ciclista que foi afastado da modalidade por ter recorrido a doping, confessou que se sente atualmente como alguém cujo nome não pode ser pronunciado, à imagem do vilão da saga Harry Potter.

"Qual é a personagem de Harry Potter de quem não se pode pronunciar nem o nome? Voldemort, não é? Passa-se o mesmo comigo. Se olhares para o Tour na TV norte-americana, é como se não pudessem pronunciar o meu nome, mas as pessoas não são estúpidas e sabem o que se passou nos anos 90 e 2000. E se vires os resultados, verificas que não há vencedores, apenas segundos, terceiros e quartos... Isso não faz sentido e daqui a dez anos as pessoas não o aceitarão", disse Armstrong, citado pelo Telegraph.

O norte-americano falou ainda sobre o julgamento do processo que tem como acusadores o seu antigo colega Floyd Landis, o governo dos Estados Unidos e a US Postal. O antigo recordista da Volta a França confessou que teme entrar em falência caso perca o processo.

"É um processo de 100 milhões de dólares [89 milhões de euros]. Estou confiante, é tudo o que posso dizer e não quero deixar-me levar pelo mau humor. Se os jurados decidirem em tribunal que tenho que pagar 100 milhões de dólares, Landis vai levar 33. Se eu perder já não me sentarei mais nesta mesa. E deixo de ter uma casa. Não tenho 100 milhões de dólares!", garantiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.