A ciclista olímpica Maria Martins (Fenix-Deceuninck) e Rui Oliveira (UAE Emirates) confirmaram hoje o favoritismo ao conquistarem os títulos nacionais de omnium, no último dia dos Nacionais de pista, no Velódromo Nacional em Sangalhos, Anadia.

Na disciplina olímpica, que agrega as corridas de scratch, tempo, eliminação e pontos, foi Maria Martins, única ‘pistard’ olímpica portuguesa e sétima nesta prova em Tóquio2020, a impor-se, sem surpresas.

Do início ao fim, a mais experiente das ciclistas, e primeira no WorldTour feminino, impôs-se à concorrência, com Daniela Campos (Bizkaia-Durango) em segundo e Beatriz Roxo (Cantábria Deporte) em terceiro.

Em masculinos, os irmãos gémeos Oliveira disputaram o título, com Rui a levar a melhor sobre Ivo, seu colega na UAE Emirates, e hoje segundo, relegando para terceiro João Matias (Tavfer-Ovos Matinados-Mortágua), campeão nacional em 2022.

Para Maria Martins e Rui Oliveira, foi a continuação de um primeiro dia de sucesso nos Nacionais, no sábado, em que ‘Tata’ conseguiu scratch e eliminação, nas duas primeiras instâncias do pódio ‘do costume’ em Sangalhos: Daniela Campos foi segunda e Beatriz Roxo terceira.

Em masculinos, Rui e Ivo Oliveira venceram a prova de madison, feita em duplas, à frente de João Matias e Iúri Leitão (Caja Rural-Seguros RGA), segundos, com Diogo Narciso e Rodrigo Caixas, da LA Alumínios, em terceiro.

Na eliminação, Rui Oliveira conquistou outro ouro, à frente de Leitão, segundo, e do irmão Ivo, terceiro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.