O eslovaco Peter Sagan revalidou hoje o título mundial de ciclismo, durante os Mundiais de estrada que decorrem no Qatar, ao bater ao ‘sprint’ o britânico Mark Cavendish.

Sagan percorreu os 257,5 quilómetros da prova em 5:40,43 horas, repartindo o pódio com Cavendish e com o belga Tom Boonen, terceiro.

Os três portugueses em competição – José Gonçalves, Nelson Oliveira e Sérgio Paulinho – desistiram, segundo informação divulgada pela Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC).

José Gonçalves foi vítima de uma queda aos 85 quilómetros e, segundo a FPC, “viria a desistir, devido a fortes dores no ombro esquerdo, na passagem pelo segundo ponto de assistência”.

O organismo acrescenta que uma queda na passagem pelo deserto acabou por atrasar Sérgio Paulinho “que acabaria por abandonar na primeira passagem pela meta, a cerca de 100 quilómetros do final”, e Nelson Oliveira que abandonou a 60 quilómetros do final da corrida.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.