O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu hoje a sexta etapa do Tirreno-Adriático e consolidou a liderança na geral, que deve manter no domingo, num dia em que Remco Evenepoel (Quick-Step Alpha Vinil) saiu do top-10.

Pogacar completou os 215 quilómetros entre Apecchio e Carpegna, num dia de alta montanha, com o tempo de 05:28.57 horas, com 1.03 minutos de vantagem em relação ao dinamarquês Jonas Vingegaard (Jumbo-Visma) e ao espanhol Mikel Landa (Bahrain-Victorious).

Na classificação geral, Pogacar, vencedor das duas últimas edições da Volta a França, lidera com 1.52 minutos de vantagem em relação a Vingegaard e 2.33 sobre Mikel Landa, estando muito perto de confirmar o triunfo pelo segundo ano consecutivo no Tirreno-Adriático.

O belga Remco Evenepoel entrou na etapa em segundo da geral, a nove segundos de Pogacar, mas perdeu mais de quatro minutos e saiu fora do top-10, estando agora em 11.º, a 4.20 minutos do esloveno, que este ano já venceu a Volta aos Emirados Árabes Unidos e a Strade Bianche.

O português Nelson Oliveira (Movistar) terminou a etapa no 42.º lugar, a mais de 16 minutos do vencedor, e está em 34.º na geral.

No domingo, a sétima e última etapa, com 159 quilómetros com início e fim em San Benedetto del Tronto, não deve provocar alterações significativas na classificação geral.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.