A polícia francesa disparou hoje sobre um veículo que se projetou sobre uma barreira de segurança montada na meta da última etapa da Volta à França em bicicleta, na Praça da Concórdia, em Paris.

Segundo disse fonte policial à agência noticiosa AFP, as autoridades continuam a procurar o condutor do veículo, que pouco antes tinha embatido em outro automóvel e tentava escapar ao controlo policial montado para garantir a segurança na chegada do pelotão do Tour.

A mesma fonte assegurou que não houve troca de tiros, mas que apenas disparou para tentar parar o automóvel, sem sucesso.

"Foi um incidente menor que não tinha como alvo a Volta a França. Não se trata de um ataque terrorista, foi apenas uma simples desobediência no trânsito como tantas outras diariamente", afirmou fonte policial citada pela agência Reuters.

Segundo avança a televisão alemã RTL, o incidente ocorreu às 11 horas da manhã (10 horas em Portugal) quando um Renault Twingo preto tentou fugir à polícia nos Champs-Élysées depois de embater noutro automóvel. A polícia mandou parar o automóvel após a colisão com outro veículo, mas o condutor não respeitou a ordem e quebrou as barreiras de segurança junto à Praça da Concórdia para se colocar em fuga.

(Artigo actualizado às 12h59)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.