Os ciclistas portugueses hoje em prova nos Europeus de pista de sub-23 e juniores, a decorrer no Velódromo de Sangalhos até domingo, tiveram participações modestas, mas positivas pelo “processo de evolução”, explicou o selecionador.

Citado em comunicado, Gabriel Mendes explicou que Francisco Moreira, que foi 19.º na corrida de perseguição, e Wilson Esperança, 21.º, correram “no limite do que poderiam fazer” e garantiram “dos melhores tempos portugueses de sempre em ano de estreia”.

Além dos dois juniores, que viram o russo Ivan Smirnov vencer, com o irlandês Xeno Young em segundo e o britânico Rhys Britton em terceiro, também Miguel do Rego correu o quilómetro de contrarrelógio, terminando na 19.ª posição, numa prova em que Rui Oliveira foi ‘poupado’ para a participação no omnium.

Na sexta-feira, entram em ação mais quatro portugueses, com Maria Martins, que já venceu a medalha de prata em eliminação, e João Dinis a entrarem em ação em omnium, e os sub-23 Soraia Silva e Miguel do Rego na corrida por pontos, pelas 17:00.

Ao fim do terceiro dia, o único sem medalhas para Portugal na prova, a seleção lusa soma três medalhas: além da prata de Maria Martins, Rui Oliveira sagrou-se campeão europeu de eliminação, e o irmão gémeo, Ivo, a medalha de prata em perseguição individual.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.