O ciclista espanhol Gustavo Veloso (W52-FC Porto) vai partir hoje para a primeira etapa em linha da edição especial da Volta a Portugal com a missão de defender a camisola amarela que conquistou no prólogo.

Um dia depois de Veloso, de 40 anos, ter vestido a primeira amarela em Fafe, os 98 ciclistas que compõem o mais pequeno pelotão dos últimos 36 anos têm pela frente 180 quilómetros entre Montalegre e o alto de Santa Luzia, em Viana do Castelo, naquela que é a tirada mais longa desta edição e que tem início marcado para as 13:00.

Antes da chegada, coincidente com uma contagem de terceira categoria, os corredores vão encontrar uma meta volante em Salamonde (Vieira do Minho), aos 60,3 quilómetros, antes de rumarem à primeira contagem de montanha deste ano, uma terceira categoria instalada no alto de Covide (88,1).

Depois de passar duas metas volantes, a primeira em Vila Verde (115,9) e a segunda em Barroselas (146,5), o pelotão vai evitar o centro de Viana do Castelo, na aproximação aos quatro quilómetros da subida a Santa Luzia, que deverão fazer diferenças entre os favoritos. O final da primeira etapa está previsto para as 17:36

O espanhol da W52-FC Porto tem um segundo de vantagem sobre os portugueses Rafael Reis (Feirense) e Daniel Mestre (W52-FC Porto), respetivamente segundo e terceiro, com o vencedor de 2019, o ‘dragão’ João Rodrigues, na oitava posição, a oito segundos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.