O ciclista australiano Richie Porte (BMC) venceu este sábado isolado a quinta etapa do Tour Down Under, na Austrália, numa etapa em que o seu compatriota Simon Gerrans (Orica GreenEdge) deverá ter assegurado a vitória final.

Porte foi o mais forte na fase final da etapa, uma tirada de 151,5 quilómetros entre McLaren Vale e Willunga Hill, na qual a caravana teve de subir por duas vezes a Willunga Hill, uma subida de tres quilómetros e com 7,6% de inclinação.

Na segunda e última subida, Porte superou Sergio Luis Henao (Team Sky) e o canadiano Michael Woods (Cannondale), segundo e terceiro classificados, respetivamente, a seis e nove segundos.

A festa de Porte só não foi completa porque o seu compatriota Simon Gerrans cortou a meta integrado num grupo que gastou mais 17 segundos, pelo que segurou a liderança da geral por nove segundos.

Entre os portugueses, Tiago Machado (Katusha) foi 23.º a 38 segundos, ocupando a 19.ª posição a 1.11 minutos, enquanto Nelson Oliveira (Movistar) foi 93.º a 7.38, sengo 59.º a 11.35 minutos.

A prova termina no domingo, com uma etapa de apenas 90 quilómetros em Adelaide, prevendo-se uma chegada em pelotão, pelo que a vitória já não deverá fugir a Gerrans, que assim se sagrará vencedor pela quarta vez, depois dos triunfos em 2006, 2012 e 2014.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.