O ciclista australiano Rohan Dennis (BMC), primeiro camisola amarela da 102.ª Volta a França, bateu hoje o recorde de média mais elevada de sempre num contrarrelógio individual na prova francesa.

O jovem australiano, de 25 anos, cumpriu os 13,8 quilómetros do contrarrelógio de Utrecht (Holanda) com uma média de 55,446 km/h, melhorando a marca detida pelo norte-americano Greg LeMond (54,545 km/h, em 24,5 quilómetros) desde o ‘crono’ final da edição de 1989.

Dennis converteu-se também no ciclista mais rápido de sempre, contando com prólogos e contrarrelógios, um título que até hoje pertencia ao britânico Chris Boardman, que, em 1994, completou os 7,2 quilómetros de um prólogo em Lille com uma média de 55,152 km/h.

O australiano, campeão do mundo de contrarrelógio por equipas com a BMC, deteve durante três meses, entre fevereiro e o início de maio deste ano, o recorde da hora, com uma marca de 52,491 quilómetros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.