O ciclista britânico Simon Yates (BikeExchange) subiu hoje à liderança da Volta aos Alpes, ao vencer isolado a montanhosa segunda etapa da prova, na qual o português Ruben Guerreiro (Education First-Nippo) é nono classificado.

Yates aguentou as ‘mexidas’ dos adversários na ascensão a Piller Sattel, a derradeira subida dos 121,5 quilómetros de ligação entre Innsbruck e Feichten im Kaunertal, e lançou um ataque irrepreensível, que deixou sem resposta Pavel Sivakov (INEOS), Nairo Quintana (Arkéa-Samsic) e Hugh Carthy (Education First-Nippo), que seguiam com ele na frente da prova.

O vencedor da Vuelta de 2018 conquistou rapidamente uma vantagem de 30 segundos para os perseguidores nos últimos dois quilómetros da subida, uma margem que só aumentou na descida e que lhe permitiu cortar a meta com o tempo de 03:17.42.

Sivakov, o único que ainda tentou alcançar o britânico, foi segundo na etapa, a 41 segundos, com o irlandês Dan Martin (Israel Start-Up Nation) a ser terceiro, a 58 segundos.

Mais atrasado, e na companhia de Quintana e Romain Bardet (DSM), entre outros, chegou Ruben Guerreiro, que fechou o ‘top 10 e perdeu 01.42 minutos para o vencedor.

O português desceu um lugar na geral e é agora nono, a 01.52 minutos de Yates, que lidera com 45 segundos sobre Sivakov e 01.04 sobre Martin, respetivamente segundo e terceiro da geral.

Na quarta-feira, a terceira etapa da Volta aos Alpes vai ligar Imst a Naturns, no total de 162 quilómetros.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.