O Prémio Prestígio da 47.ª Volta ao Algarve em bicicleta será atribuído ao português Sérgio Paulinho (LA Alumínios-LA Sport), informou hoje a organização da prova portuguesa, que decorre entre quarta-feira e domingo.

O Prémio Prestígio, que pretende distinguir um corredor que, pelo seu currículo, prestigia a corrida, será entregue ao único medalhado olímpico do ciclismo português, que, além da prata conquistada na prova de fundo em Atenas2004, conta vitórias de etapa na Volta a França (2010) e na Volta a Espanha (2006).

Gregário de luxo do pelotão internacional durante uma década, o veterano de 41 anos, que irá ‘encostar’ a bicicleta no final desta temporada, passou por equipas emblemáticas como Liberty Seguros-Würth (2005-2006), Discovery Channel (2007), Astana (2008-2009) e RadioShack (2010-2011), antes de ingressar na Tinkoff, de onde saiu em 2016 para regressar ao ciclismo nacional.

O Prémio Prestígio foi atribuído pela primeira vez em 2016, com a organização a decidir partilhar o galardão entre o suíço Fabian Cancellara, o belga Tom Boonen e o espanhol Alberto Contador, antigo companheiro e líder de Paulinho.

No ano seguinte, a escolha recaiu no alemão Tony Martin e, em 2018, o agraciado foi o belga Philippe Gilbert. O italiano Vincenzo Nibali foi distinguido na última edição, depois de o prémio não ter sido atribuído em 2019.

A Volta ao Algarve arranca na quarta-feira em Lagos e termina no domingo no alto do Malhão, que vai consagrar o sucessor do belga Remco Evenepoel (Deceuninck-QuickStep).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.