O ciclista britânico Simon Yates (BikeExchange) confirmou hoje a vitória na Volta aos Alpes, após a quinta e última etapa ganha por Felix Großschartner (Bora-hansgrohe), com o português Ruben Guerreiro (Education First-Nippo) a ser oitavo.

Os 120,9 quilómetros entre Valle del Chiese Idroland e Riva del Garda não provocaram alterações nas contas da geral, uma vez que foram dominados por um grupo de fugitivos, formado a 35 quilómetros da meta, e que foi perdendo ‘peças’ até ao final, consagrando Großschartner, que atacou já dentro dos derradeiros 20 quilómetros para conquistar a etapa.

Atrás do austríaco, que completou a última tirada em 03:03.38 horas, chegaram Nicolas Roche (DSM) e Alessandro De Marchi (Israel Start-Up Nation), respetivamente segundo e terceiro a 34 segundos.

Guerreiro, oitavo na quinta etapa, cortou a meta 40 segundos depois do vencedor, num grupo onde seguiam todos os favoritos, nomeadamente o líder Simon Yates.

O britânico, de 28 anos, inscreveu uma nova linha no seu palmarés, que conta com o triunfo na Vuelta2018 e no Tirreno-Adriático do ano passado, confirmando a conquista da Volta aos Alpes, diante de Pello Bilbao (Bahrain-Victorious), segundo a 58 segundos.

Aleksandr Vlasov (Astana) completou o pódio na terceira posição, a 01.06 minutos, enquanto Ruben Guerreiro terminou em oitavo, a 03.12, dando boas indicações para a defesa do título de melhor trepador na Volta a Itália, que arranca em 08 de maio.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.