A edição de 2021 da Taça de Portugal de Cross Country Olímpico (XCO), que arranca em 17 de abril e inclui quatro corridas, é integralmente pontuável para o ranking mundial, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Ciclismo.

O arranque da competição está marcado para 17 e 18 de abril, com a prova inaugural a ter o aliciante de inaugurar também mais uma pista permanente de BTT em Portugal, integrada no Centro de Estágios de Melgaço.

Em maio, haverá duas corridas pontuáveis para a Taça de Portugal de XCO, estando a primeira agendada para os dias 01 e 02, em Lousada, e a outra para 22 e 23, em Leiria.

O final da Taça de Portugal está marcado para Avis, no fim de semana de 18 e 19 de setembro, já depois da realização do Campeonato Nacional, nos dias 26 e 27 de junho, no Fundão.

As quatro provas da Taça de Portugal inserem-se na classe C2 UCI (União Ciclista Internacional).

A componente internacional está também presente na primeira corrida da Taça de Portugal de Maratona BTT (XCM), a Douro Mêda 100 Marathon, agendada para 30 de maio e inscrita como C2 no calendário UCI.

Devido à necessidade de alívio de restrições sanitárias para alargar o número de participantes, a Taça de Portugal de XCM vai disputar-se maioritariamente no segundo semestre: após Mêda, o pelotão ruma a Marco de Canaveses (04 de julho), Melgaço (26 de setembro) e Condeixa-a-Nova (24 de outubro), realizando-se o Campeonato Nacional da categoria em Estremoz, em 17 de outubro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.