O ciclista francês Thomas Voeckler (Team Europcar) anunciou hoje que regressa à alta competição em 2015 e que, até lá, apenas vai realizar provas "secundárias" para ver se está completamente recuperado da clavícula fraturada.

Voeckler, de 35 anos, partiu a clavícula esquerda em agosto, quando foi atropelado por um carro ao realizar um treino de aquecimento mesmo antes do arranque da primeira etapa da Volta do Limousin, em Limoges (França).

Em entrevista ao diário "Le Parisien", o ciclista francês salientou que não irá aos Campeonatos do Mundo de Estrada, que se realizam este mês na cidade espanhola de Ponferrada, porque isso "seria correr demasiados riscos".

O ciclista admitiu que 2014 tem sido de "má sorte", já que esta foi a segunda vez este ano que partiu uma clavícula.

Voeckler declarou também que acabar a carreira neste momento seria "muito frustrante", pelo que não pensa em fazê-lo. O francês admitiu que, ainda que não tenha - aos 35 anos - a mesma "frescura e confiança" de antes, mantém a mesma vontade de competir.

O corredor francês ganhou quatro etapas da Volta a França (2009, 2010 e 2012), onde chegou a rodar de amarelo, e ganhou o prémio de Rei da Montanha do Tour em 2012.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.