O ciclista português de BTT Tiago Ferreira cumpriu hoje o objetivo de pedalar 24 horas consecutivas num circuito florestal fechado com 214 metros de desnível, estabelecendo um recorde mundial, que será alvo de homologação.

A iniciativa decorreu num terreno privado na zona de S. Pedro do Sul, no centro do país, onde o atleta percorreu um total de 247,5 quilómetros, num trilho de terra e xisto, parando apenas para resolver um furo na sua bicicleta e fazer abastecimentos.

Tiago Ferreira conseguiu dar 83 voltas ao circuito, que tinha uma distância de cerca de 3 quilómetros, metade em subida com 214 metros desnível, superando, segundo a organização, "o equivalente à ascensão de duas subidas ao monte Evereste".

No final do desafio, que vai ser alvo de um processo para o seu reconhecimento oficial, o ciclista de 31 anos, natural de Viseu, não escondeu a sua satisfação por ter superado a prova, onde chegou a ser fustigado por temperaturas a rondar os 40 graus.

"Estou muito feliz por ter conseguido este objetivo. Pensei que a fase da noite seria a mais complicada, mas acabou por ser a madrugada a trazer o maior peso do cansaço, sobretudo com dores nas mãos e nos pés. Mas nunca pensei em desistir, estava muito bem preparado e tudo correu de feição", disse o atleta, citado pela organização.

Tiago Ferreira confessou que precisa agora de um descanso "de três ou quatro dias até voltar a conseguir subir para a bicicleta", mas aponta o regresso aos trabalhos para breve, de forma a preparar "o regresso à competição em agosto".

O ciclista português conta na sua carreira com vários títulos nacionais, europeus e mundiais na vertente de BTT Cross Country Maratona, e tem também uma participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.