O ciclista norte-americano Tom Danielson, que em julho de 2015 teve um controlo antidoping positivo, foi suspenso por quatro anos, anunciou hoje a agência norte-americana antidopagem (USADA).

De acordo com a USADA, Danielson, de 38 anos, aceitou já a sanção, a segunda que cumprirá na sua carreira.

Em 2012, o ciclista foi suspenso por seis meses, depois de ter confessado o recurso a dopagem em 2005 e 2006, então na Discovery Channel ao lado de Lance Armstrong. Os seus resultados desportivos desses anos foram anulados.

Em 2015, representando a equipa Cannondale-Garmin, o norte-americano acusou positivo do consumo de por testosterona sintética num teste fora de competições.

"Esta noite foi uma das piores da minha vida. Quando estava a jantar com a equipa, na véspera da Volta ao Utah, recebi uma chamada da USADA (agência antidopagem dos EUA) a notificar-me do resultado positivo, pelo que percebi de testosterona sintética", escreveu na altura o então colega do português André Cardoso.

Danielson tem como melhores resultados nas grandes voltas o oitavo lugar na Volta a França em 2011 e o oitavo da Volta a Espanha em 2010.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.