Tony Martin (Katusha-Alpecin) deseja vencer a Volta ao Algarve pela terceira vez e, em conversa com a agência Lusa, apontou o polaco Michal Kwiatkowski (Sky), seu antigo colega e amigo, como o ciclista a ter debaixo de olho.

“Seria muito bom ganhar aqui pela terceira vez. No entanto, é algo que não consigo prever. A condição é boa, estou contente por estar aqui, mas não sei. Só posso prometer que vou dar o meu melhor”, disparou o ciclista alemão enquanto pedalava rumo ao pelotão.

A curta entrevista, feita a ritmo de contrarrelógio, serviu para o atual campeão mundial da especialidade revelar o seu encanto pela ‘Algarvia’, que visita ininterruptamente desde 2011, ano da primeira das duas vitórias – a outra foi em 2013.

Profundo conhecedor da principal prova internacional disputada em Portugal, Tony Martin prognosticou quais serão os momentos fulcrais para os candidatos a vestir a amarela final, no alto do Malhão (Loulé), no domingo.

“De certeza, a etapa de hoje [que termina no alto da Fóia, o ponto mais alto do Algarve]. E talvez o contrarrelógio. Penso que será, muito provavelmente, a etapa mais importante de todas. Claro que a última etapa também é muito complicada, mas hoje e sexta serão os dias principais”, considerou o alemão de 31 anos, que este ano vai trabalhar sob a batuta do português José Azevedo.

Depois de uma época em que voltou a reinar no contrarrelógio, conquistando o seu quarto título mundial na especialidade (2011, 2012, 2013 e 2016) e igualando o recorde do suíço Fabian Cancellara, Martin mudou-se para a Katusha-Alpecin e apresenta uma renovada ambição, que teve como resultado mais visível o triunfo na segunda etapa da Volta a Valência.

Na Volta ao Algarve, o vencedor de cinco etapas no Tour quer voltar a dominar. Questionado sobre quem poderão ser os seus principais adversários na 43.ª edição, o alemão hesitou, antes de arriscar um nome.

“Bem, é difícil prever. Mas vou manter o olho no Kwiatkowski”, disse, referindo-se ao seu amigo, que venceu a ‘Algarvia’ em 2014 e que foi seu companheiro de equipa nas variantes da Etixx-QuickStep entre 2012 e 2015.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.