O espanhol Vicente García de Mateos, terceiro em 2017, disse hoje estar tranquilo para atacar a Volta a Portugal em bicicleta, depois de lhe ter sido levantada uma suspensão provisória por irregularidades no passaporte biológico.

"Estou tranquilo, penso que temos de falar da corrida. É para isso que estamos aqui, para falar da corrida e para fazer o melhor possível", disse o ciclista da Aviludo-Louletano.

Na semana passada, a Agência Espanhola de Proteção da Saúde no Desporto suspendeu provisoriamente o espanhol, por irregularidades no passaporte biológico, mas o Tribunal Arbitral do Desporto de Espanha acabou por levantar essa suspensão e permitir que García de Mateos corresse.

Sobre a corrida, o espanhol disse estar preparado para atacar a Volta a Portugal, um objetivo para o qual teve "todo ano a pensar", garantindo que vai tentar "fazer o melhor possível".

"O percurso assim o demonstra [que é uma das Voltas mais duras dos últimos anos]. Ao quinto dia já temos a Torre, com final nos últimos 15 quilómetros da subida à Covilhã [até às Penhas da Saúde]. Depois temos a Senhora da Graça mais dura do que nunca e o contrarrelógio também não será fácil", referiu.

A 80.ª edição da Volta a Portugal disputa-se de 01 a 12 de agosto, entre Setúbal e Fafe.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.