Um projeto intitulado Volta do Conhecimento quer dar a conhecer inovações tecnológicas em empresas e as ligações a universidades e às regiões onde estão inseridas, diariamente, durante a realização da 78ª Volta a Portugal em bicicleta.

O projeto, que junta a organização da Volta a Portugal, a secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a RTP, pretende que, diariamente, entre 27 de julho e 07 de agosto, nas emissões televisivas da prova 'rainha' do ciclismo nacional, estejam em destaque empresas, universidades e as próprias regiões por onde a competição passa, disse hoje aos jornalistas Joaquim Gomes, diretor da prova.

Pode ser uma fábrica de calçado com uma determinada inovação tecnológica ou a ligação a uma universidade", disse Joaquim Gomes, intervindo na sessão de apresentação da 24.ª Volta a Portugal do Futuro, que decorre entre 14 e 17 de julho.

"Será também mostrada informação com dados sobre as forças vivas de cada região", afirmou, adiantando que o protocolo para formalização da Volta do Conhecimento será assinado a 23 de julho entre as três entidades parceiras.

Já o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, frisou que as transmissões televisivas da Volta a Portugal em bicicleta "são um bom exemplo de coesão territorial" e que "faz todo o sentido" promover as regiões por onde a competição passa, em termos económicos e turísticos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.