Mário Narciso assumiu hoje o favoritismo de Portugal no Mundial de 2017 de futebol de praia e defendeu que a seleção tem de estar preparada para defrontar qualquer equipa rumo à revalidação do título.

“Assumimos o favoritismo, não só por sermos os campeões em título, mas por sermos uma seleção com grande qualidade. Temos de assumir sempre, Portugal nunca pode deixar de ser favorito. É com este espírito que os jogadores vão encarar a competição", sublinhou o selecionado nacional em declarações ao sítio da Federação Portuguesa de Futebol na internet.

O sorteio realizado hoje, em Nassau, ditou que os detentores do título mundial e Europeu vão defrontar o Paraguai, o Panamá e o vice-campeão asiático no Grupo C da fase final do Mundial de 2017, que se realiza nas Bahamas, entre 27 de abril e 07 de maio.

"É um sorteio, para nós, incompleto, pois uma das equipas ainda não foi apurada, o segundo da confederação da Ásia. O Paraguai é uma equipa que já conhecemos bem, muito bem orientada, bem trabalhada taticamente, com jogadores bons tecnicamente, por isso vai ser um adversário duro de roer. O Panamá é uma equipa que, embora os jogadores não sejam tecnicamente um portento, não param, do primeiro ao último minuto, durante um segundo que seja. Usam muito o jogo direto, têm um jogo pouco elaborado, mas formam uma equipa que vai dar trabalho", analisou o técnico.

Segundo ditou o sorteio realizado em Nassau, a formação comandada por Mário Narciso estreia-se a frente ao Panamá, a 28 de abril, defronta o Paraguai, a 30, e fecha o agrupamento a 02 de maio, face ao segundo classificado do campeonato asiático, que se realiza de 04 a 11 de março, na Malásia.

Para seguirem em frente, Portugal precisa de ficar nos dois primeiros lugares do Grupo C, que, nos quartos de final, cruza com o D, composto por Brasil, o vice-campeão em título Taiti, Polónia e o terceiro colocado do campeonato da Ásia.

"Em relação ao cruzamento com o Grupo D nos quartos-de-final, há o Tahiti, o Brasil, mas também a Polónia. Se queremos chegar longe e revalidar o título, temos de estar preparados para jogar com qualquer equipa. Vamos tentar ser primeiros, pois assim talvez consigamos fugir ao Brasil. Temos é de nos concentrar em ganhar os nossos jogos do grupo", frisou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.