A seleção portuguesa feminina de futebol de praia somou hoje a segunda derrota no grupo 1 da Superfinal da Liga Europeia, ao perder por 3-1 frente à Suíça, na Figueira da Foz.

Depois do desaire na estreia, na quinta-feira, no seu primeiro jogo oficial da história, ante a Inglaterra, campeã da Europa em 2017, por 3-2, as pupilas de Alan voltaram a ceder, agora diante das helvéticas.

Após os dois primeiros períodos sem golos, no terceiro e decisivo tempo as suíças fizeram valer a sua maior experiência, com Gebert a ‘bisar’ aos 25 e 27 minutos, respetivamente.

Érica Ferreira ainda reduziu, aos 31 minutos, contudo, no lance imediato, Keller recolocou a diferença em dois golos, que valeria no final.

“O que fez a diferença foi a nossa ainda falta de experiência, o que é normal por termos começado há pouco tempo. Mesmo assim, as jogadoras estão a bater-se muito bem contra as melhores seleções da Europa. Temos de continuar a trabalhar e, com o passar do tempo e com maior experiência, garanto que vamos conseguir ganhar a estas equipas", disse Alan, citado pela Federação Portuguesa de Futebol.

O selecionador recordou que as adversárias já defrontadas “têm 10 ou 15 anos de trabalho” no futebol de praia e enalteceu a “luta” que as suas pupilas estão a dar.

Portugal defronta agora a República Checa no sábado, às 18:30.

Os vencedores dos dois grupos – no outro competem a Rússia, Espanha, Países Baixos e Ucrânia – disputam a final no domingo.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.