O selecionador espanhol, Venancio López, enalteceu a qualidade do adversário e assume que a sorte acabou por estar do lado da sua equipa.

«Parabéns à Rússia. Este foi um excelente jogo. A Rússia talvez merecesse ganhar, mas a sorte esteve do nosso lado, especialmente quando marcamos no último minuto do tempo regulamentar (golo do empate). Estou muito orgulhoso da minha equipa e muito feliz por ser treinador destes jogadores. Eles mostraram ser os melhores, porque só os melhores podem marcar nos momentos cruciais da partida».

O jogador do Barcelona, Sérgio Lozano, acabou por ser a estrela do encontro ao marcar os golos que deram à Espanha a reviravolta no marcador.

«Sergio Lozano sempre quis marcar, e por vezes, impacientava-se por isso. Nós sempre lhe dissemos que o seu momento chegaria, e isso aconteceu esta noite», referiu o técnico, em conferência de imprensa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.