Celso Luís arbitrou em Janeiro de 2009 o Sporting - Benfica que terminou com um empate a dois golos. Após a partida, os responsáveis leoninos criticaram duramente a forma como o árbitro intimou verbalmente os jogadores de Alvalade, nomeadamente o jogador brasileiro Deo.

Desse jogo resultou um processo disciplinar ao treinador leonino, Paulo Fernandes, e ao secretário técnico, Miguel Albuquerque. Esse processo ainda se encontra a decorrer nos órgãos competentes da FPF (Federação Portuguesa de Futebol).

Apesar da existência destes processos, Celso Luís foi nomeado este fim-de-semana para a partida que irá opor o Sporting ao Fundão.

Esta nomeação não foi vista com bons olhos pelo secretário técnico dos leões, Miguel Albuquerque: “Quero acreditar que quem fez esta nomeação estava distraído. É estranho ter sido designado para este jogo um árbitro que tem um processo a decorrer no Conselho de Justiça da FPF contra mim e o treinador do Sporting, Paulo Fernandes. É uma nomeação estranha, tendo em conta que ainda há pouco tempo o jogador Deo foi arrolado como testemunha neste processo”.

Apesar do diferendo entre as duas partes, o secretário técnico do futsal do Sporting espera que que esta situação não condicione a arbitragem deste jogo: “Não acredito que isto condicione o seu desempenho, mas de qualquer forma deveria ser evitável esta nomeação”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.