Vítor Godinho, de 14 anos, faleceu no passado domingo depois de ter testado positivo para a Covid-19.

O óbito encontra-se a ser investigado, uma vez que o jovem apresentava outras patologias, como explicou ontem a diretora geral de saúde, Graça Freitas.

"Esta criança tem uma situação complexa do seu estado clínico habitual e do seu estado agudo, ou seja, do que aconteceu nas últimas 24 horas, e apesar de ter um teste que diz que é covid positivo, a sintomatologia com que foi admitido ao hospital pode indicar outro tipo de patologia. De facto, tem covid, o que não impede de ter outras situações igualmente graves e infecciosas que estão a ser investigadas. Além disso, tinha um quadro de base que podia levar a uma alguma imunossupressão", afirmou.

O Centro Cultural e Recreativo de Maceda, clube que representava deixou uma mensagem de homenagem ao seu atleta.

=68.ARAhAsdLPDHZqGWskqxhb-KFxLNl4Gs8DrnSjWeHJElw5eD5zRxo9Ob2LZRolp0wg3BJAR2T8sbdplJr1ytN9o4P7zdr1fRQZb8ReUBHjcGH6I1HgnoR1iSkHFJAV7QyeEextZrnCOVsSO25Si0BU71BL0S2Kxvl-ZR3lwADIbEID0gkTV5VSlnbkux-ra_LeNUw7WaEdlbuDDqy9b_PiCEwSjliwJBWQIP4SlCGGZ7fKV1rPNovVF4oPLQxeZCDyvTbIjzaBwxfN1FireV7aiFsWWy9opd4yBVQVyUvaihep5DL0BRhyO3OktT2XKxYx1XpXkkBb-6GnNhz3-bn-mTemg&__tn__=-R"/]

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 667 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 31.000. Dos casos de infeção, pelo menos 134.700 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Em Portugal, segundo o balanço feito no último domingo pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 119 mortes e 5.962 casos de infeções confirmadas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.