A Espanha estreou-se hoje com um triunfo no campeonato da Europa de futsal, que decorre nos Países Baixos, ao golear a estreante Bósnia-Herzegovina, por 5-1, na primeira jornada do Grupo D.

Em Groningen, os espanhóis, que contam com um currículo ímpar na modalidade, com sete de 11 Europeus (1996, 2001, 2005, 2007, 2010, 2012 e 2016), estiveram quase todo o encontro no comando, face ao golo inaugural apontado por Raúl Gómez, logo aos três minutos.

Raúl Campos viria a dilatar a vantagem, aos nove, e Lozano, aos 18, possibilitou um maior conforto à Espanha, que, pelo meio, permitiu a resposta aos bósnios, saída dos ‘pés’ de Boskovic (12).

Nos segundos 20 minutos, um ‘bis’ do capitão Ortiz (21 e 37) deu mais expressão ao resultado a favor da seleção líder do ‘ranking’ mundial de seleções, que, assim, lidera a ‘poule’, com três pontos, os mesmos da outra estreante, a Geórgia, vencedora no duelo ante o Azerbaijão (3-2).

Frente aos azeris, os georgianos tiveram de dar a volta a uma desvantagem de dois golos, ambos marcados por Rafael Vilela (seis e sete minutos). Elisandro, aos 10, abriu caminho para a reviravolta, consumada, já após o descanso, por Sebisveradze (27) e Thales (32), na conversão de um penálti.

O Euro2022 de futsal disputa-se até 06 de fevereiro, nas cidades holandesas de Amesterdão e Groningen, sendo que os dois primeiros classificados se qualificam para a fase a eliminar, a disputar em exclusivo na capital dos Países Baixos.

A fase de grupos prolonga-se até 29 de janeiro, os quartos de final entre 31 de janeiro e 01 de fevereiro, as meias-finais em 04 de fevereiro, enquanto o derradeiro dia estará guardado para a final e para o jogo de atribuição do terceiro e quarto lugares na prova.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.